LIMPEZA ENERGÉTICA



Limpeza Energética ou Espiritual é um processo que nos possibilita retirar a densidade que temos acumulada nos nossos corpos.

Densidade é todo o tipo de energia negativa que acumulamos no dia-a-dia, e ao longo da nossa vida.
Pode surgir devido aos nossos pensamentos, ou sentimentos, pode acumular-se por algo que outros nos disseram ou "fizeram", e pode também surgir de entidades que inconscientemente apanhamos.

A densidade provoca doenças, depressões, bloqueios, dores, causando desequilíbrios de toda a ordem na nossa vida. O processo de Limpeza serve para nos libertarmos de todo esse "lixo"que causa os bloqueios energéticos e impede-nos de fluir livremente em todas as áreas da nossa vida.

O Anil não é uma cor primária, nem aditiva, nem subtrativa que foi batizada e definida por Isaac Newton. A classificação da cor Anil esta entre a cor azul e violeta.
A aura nada mais é do que um escudo, quando estamos desanimados, com o nosso emocional abalado, nossa aura apresenta falhas que permitem ou facilitam a impregnação de fluidos negativos em nosso
corpo.

AS PROPRIEDADES ENERGÉTICAS DO BANHO DE ANIL

Com a ajuda da cromoterapia, o poder das cores já está mais do que difundido e já faz parte da vida de muitas pessoas. As cores possuem propriedades terapêuticas e energéticas que vão desde a ativação do

sistema nervoso até a purificação da corrente sanguínea.
O azul é uma cor consagrada, pois ela é a cor do manto da Virgem Maria. Além disso, o azul tem uma poderosa vibração energética de proteção, também colabora para a cura, a harmonia e para a paz.
Por ser uma cor que está entre o azul e o violeta que são as cores da aura espiritual humana, o anil fortalece a aura humana ao entrar em contato com o corpo de uma pessoa, pois ele se mistura com a aura.
É justamente esse fortalecimento da aura causada pelo banho de anil que causa o afastamento das más influências da vida da pessoa.
O anil é vendido no mercado de duas formas: Em Pedra e em liquido.
Anil em pedra: mergulhar o anil até a água ficar azul clara.
Anil líquido: pingar anil até a água ficar azul clara.

O BANHO DE ANIL:
Este banho pode ser considerado pelos antigos como banho de Iemanjá, ou seja, Banho de Mar. Poderá ser feito somente com anil ou se preferir, acrescentar mel ou perfume a gosto, é muito eficaz para clarear

todo tipo de problema.
O banho de anil é indicado em casos de necessidade limpeza astral e até mesmo em casos de perturbações ocasionadas pela presença de espíritos desencarnados.
Outras recomendações são tampar o umbigo por três dias depois do banho com a ajuda de esparadrapo, tomar banho somente com sabonete de cor azul por trinta dias e nesse período não usar roupas de cores
marrom e vermelha.

POR QUE DEVO TAMPAR O UMBIGO APÓS O BANHO AZUL
Durante a noite, no escuro, os espíritos podem detectar nosso ectoplasma ( durante o dia a luz dilui o ectoplasma) , sugando enquanto dormimos, e roubando assim a nossa energia. Por isso muitas pessoas já
acordam cansadas.
É muito importante não levar inimigos para sua cama: remoer maus pensamentos, brigas e outros. Antes de deitar faça uma breve oração ou leia os salmos ou algo que edifique.

O ANIL NOS MEIOS ESPIRITUAIS
Nos meios espirituais, o anil é usado para afastar espíritos de baixa vibração, assim como também é bastante utilizado para dissolver as energias negativas que, com o tempo, se acumulam por todos os cantos
dos ambientes, tornando-o “energeticamente insalubre”.

Os Sete Preceitos Ciganos

- FELICIDADE 
Um campo aberto, um luar, um violão, uma fogueira, o canto do sabiá e a magia de uma cigana.

- ORGULHO 
É saber que nunca participamos de guerras e nunca nos armaremos para matar nossos semelhantes. Somos os menestréis da paz.

- AMOR 
Amar é vivermos em comunidade, é repartir o pão, nossas alegrias e até nossas aflições.

- LEALDADE 
É não abandonar nossos irmãos quando precisam. É nunca negar o ombro amigo, a mão forte e o incentivo à vida.

- RIQUEZA 
É termos o suficiente para seguirmos pela estrada da vida.

- NOBREZA 
É fazermos da humilhação um incentivo ao perdão.

- HUMILDADE 
É não importar-se em ser súdito ou nobre, importar-se apenas em saber servir

Fonte : Crystal Espaço Terapêutico